sábado, 27 de agosto de 2011

Resumo da reunião - 27/08/2011


Na reunião deste sabado (27) falou-se sobre:
-Feira na praça: agradecimentos,apanhado do que foi feito e do que pode melhorar para a próxima edição do evento
-Comunicação da coordenação : aviso da coordenação de que o coordenador estadual,Pablo Kennedy Santana,o coordenador estadual adjunto,Ribamar Costa e o coordenador nacional adjunto,Felipe Mendes viajarão essa semana para Brasília para participar da reunião nacional de CREA juniores.
-Encontro Estadual: definição da data,e sugestões para o evento
-Fardamento CREAjr e Blog : definiu-se que será confeccionada uma camisa,cujo modelo será apresentado próximo sábado, e apresentou-se o blog
-Extra pauta:  relativo a 68ª SOEAA –camisa e alojamento

ENADE

O ENADE (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) tem o objetivo de aferir o rendimento dos alunos dos cursos de graduação em relação aos conteúdos programáticos, suas habilidades e competências.
Deduz-se do exposto que o ENADE além de apresentar-se um dos elementos de avaliação de cursos, ao medir o desempenho dos alunos ingressantes e desses mesmos alunos quando concluintes permite o cálculo de indicador de valor agregado, o que significa medir os efeitos do conteúdo curricular sobre a formação geral e específica dos alunos.


Trata-se de um exame obrigatório aos alunos selecionados. Para estes, o registro de participação é condição indispensável para a emissão do histórico escolar.
Estão habilitados a participar do ENADE todos os estudantes em final de primeiro ano (ingressantes) e de último ano (concluintes) das áreas e cursos a serem avaliados.
 

Postagem: Vanessa Carvalho

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Seminário de Ética reúne profissionais e estudantes na sede do Crea-DF

Brasília, 24 de agosto de 2011
Na última segunda-feira, 22 de agosto, aconteceu na sede do Crea-DF, o seminário do projeto Ética das Profissões, com o tema Cidadania, Ética e Sustentabilidade. O evento reuniu profissionais e estudantes de diversas cidades. Para o coordenador do Projeto Ética Profissional, Edison Macedo, o Seminário foi um sucesso. “Foram mais de cem inscrições e essa frequência manteve-se do início ao fim”. Edison ressaltou que a Nova Campanha do Projeto de Ética está estimulando ainda mais a participação dos profissionais.
 
Durante a manhã, o professor Alípio Casali apresentou uma espécie de “aulão” sobre ética para os profissionais e estudantes que estavam presentes. De 14h às 15h30, Luciana Aguiar, do instituto Ethos de Responsabilidade Social, explicou sobre os movimentos ético-cidadãos, como o Movimento Anticorrupção e o projeto Jogos Limpos. Para encerrar, foi abordado o novo Código de Ética Profissional da Engenharia, da Arquitetura, da Agronomia, da Geologia, da Geografia e da Meteorologia.
 
O evento recebeu estudantes durante todo o dia. Para o coordenador do Crea Junior MG, Thiago Xavier Bedette Gomes, a ética é um assunto frágil, pois ainda é muito pouco discutida. “É aquilo que todo mundo diz saber do que se trata, mas quase nunca discute”. Para ele, deveria ser um assunto mais natural, uma vez que “o Sistema Confea/Crea visa proteger a sociedade dos maus profissionais”. Thiago ressalta que o curso de Engenharia de Produção que cursa não tem nenhuma disciplina que dê base sobre ética profissional.
 
Para o coordenador nacional dos Creas-Juniores e coordenador do Crea Junior-RR, Yuri da Silva Matos, é preciso ter a visão de que um curso de graduação “não forma apenas profissionais, forma cidadãos”. Entretanto, Yuri lembra que “o conhecimento da ética deve surgir ainda na base de vida das pessoas e não só na faculdade”. Segundo ele, tudo que foi visto e absorvido no seminário será passado depois a todos os estudantes dos Creas Juniores. Participaram ainda, representantes dos Creas Juniores de MT, GO e AM.
 
A estudante do 4° semestre de Engenharia Ambiental, Vanessa Duarte, elogiou a iniciativa do Confea. “Tem muita coisa que eles não falam nas aulas e que eu estou vendo aqui”. Ela esclarece que, mesmo tendo uma matéria especifica sobre ética na faculdade, geralmente o assunto não é aprofundado da maneira com ela viu no seminário.
 
Para o coordenador do Projeto Ética das Profissões, do Confea, a presença dos estudantes no evento é positiva.“Talvez o momento da graduação seja o momento ideal para se plantar a semente de ética profissional. O projeto pretende pelo menos amenizar a deficiência que existe em muitas escolas em que não se aplicam ensinamentos de ética”.
 
No entanto, não foram apenas os estudantes que tiraram proveito das exposições e explicações. A geóloga Ângela Daher declarou que ações como essa fazem com que o tema Ética fique mais envolvente para os profissionais. Ela ressalta que o assunto é importante não só para profissionais ligados ao sistema, mas para todas as outras profissões. “São práticas que devem advir desde a criação do cidadão, e no processo de graduação”.
 
O engenheiro civil Severino Silva assistiu ao seminário e disse ser uma novidade para ele uma divulgação de dimensão como a nova campanha de ética. “A novidade não está na existência do Código de Ética, mas sim na possibilidade de participar de um seminário que trate sobre o Código”.
 
Esse mesmo seminário já aconteceu no dia 10/08 em Florianopolis, SC, e está agendado para o dia 13/09 no Recife, PE.
Fernanda FernandesAssessoria de Comunicação do Confea



Postado:Pablo Santana,Coordenador Estadual do CREAjr-PI,Membro Dirigente de Eng.Elétrica

Pauta da Reunião do dia 27/08/2011

                             

Postagem: Pedro Henrique- membro de civil 

Creajr na Plenária do CREA-PI

A plenária do CREA-PI ocorrida ontem,quinta-feira (26),contou com a presença de membros do Creajr,que puderam observar como são decididos alguns assuntos relativos ao CREA.
Especificamente ontem,decidiu-se a cerca de processos sobre excepcionalidade técnica,cadastramento de cursos,analise de recursos,homologação de decisões e do Relatório da Comissão de Renovação do Terço do CREA-PI (decidindo sobre o numero de vagas por entidade e a representatividade das instituições de nível superior).Houve ainda, a prestação de contas da Mútua Caixa de Assistência dos Profissionais do CREA-PI.
Dentre os membros do Creajr presentes estavam o coordenador estadual e o adjunto,Pablo Santana e Ribamar Costa ,respectivamente, o coordenador nacional adjunto Felipe Mendes,os membros dirigentes de arquitetura e engenharia de produção, Vanessa Carvalho e Denise Marques,respectivamente,alem do suplemente de engenharia de produção Gustavo Henrique e alguns membros corporativos.




 

Postagem: Pedro Henrique-membro de civil 

SemanAU 2011

Semana da Arquitetura e Urbanismo - SemanAU

"É necessária uma nova forma de pensar para resolver os problemas criados pela velha forma de pensar" Einstein

A SemanAU 2011 intitula-se “A que será que se destina?” e nos leva a questionar o futuro da Arquitetura, do Urbanismo e do Design, para, a partir disso, construir na nossa mente uma nova forma de pensar o objeto, o edifício e a cidade. A intenção é fazer com que todos se familiarizem com o principal desafio atual e futuro, que é o da crise socioambiental e conscientizá-los da importância de contribuir para superá-lo. Teremos alcançado nosso objetivo quando os participantes se convencerem a abandonar idéias ultrapassadas de planejamento e projeto e adquirirem a capacidade de se questionar sempre e criar sua própria linha de raciocínio em cima de qualquer tema, rejeitando fórmulas prontas.

Data: 27 de setembro a 01 de outubro
Local: Teresina.
Um evento realizado pelos estudantes do ICF e UFPI.

Maiores Informações em Breve!

Não Perca!

Postagem: Vanessa Carvalho

Eleições no CREA-PI

A Comissão Eleitoral Regional (CER) recebeu dois requerimentos de candidatura para a eleição do cargo de presidente do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Piauí - Crea-PI, um requerimento para o cargo de diretor geral da Mútua, no Piauí, e ainda um requerimento para o cargo de diretor administrativo da Mútua.As candidaturas deferidas e indeferidas serão apresentadas pela CER até o dia 1° de setembro.



Confira os requerimentos de candidaturas para:
- Presidência do Crea-PI
Requerentes:
PRO 01246754/2011 ENGENHEIRO CIVIL PAULO ROBERTO FERREIRA DE OLIVEIRA
PRO 01246784/2011 ENGENHEIRO CIVIL JOSÉ MENDES DE SOUSA MOURA
- Diretoria Geral da Mútua-PI
Requerente:
SUP 01246796/2011 ENGENHEIRA CIVIL MARIA DO SOCORRO GOMES ARARIPE SEABRA
- Diretoria Administrativa da Mútua-PI
Requerente:
PRO 01246785/2011 ENGENHEIRA AGRÔNOMA JACQUELINE DE FREITAS DINIZ
 Para conferir os prazos, os editais e saber mais informações sobre o processo eleitoral do Sistema Confea/Crea e Mútua, acesse o site do Crea-PI.

Fonte:Assessoria de comunicação do CREA-PI

Postagem: Pedro Henrique- membro de civil 

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Greve na UFPI II

Os professores da UFPI realizaram pela manhã de hoje,quarta-feria 24 de agosto,uma assembléia extraordinária, nela os docentes rejeitaram a proposta governamental que oferecia um aumento de 4% para a classe.Com isso o indicativo de greve ficou agendado para o dia 31 do corrente mês.
Nesta quinta-feira(25) haverá uma reunião com o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES). A maioria decidirá se aceita ou recusa a proposta do Governo Federal. Somente após essa reunião será confirmada ou não a greve nas Universidades Federais.

Postagem: Pedro Henrique- membro de civil 

Engenharia Civil

É o ramo da engenharia que projeta, gerencia e executa obras como casas, edifícios, pontes, viadutos, estradas, barragens, canais e portos. 
O engenheiro civil projeta, gerencia e acompanha todas as etapas de uma construção ou reforma. Sua atuação inclui a análise das características do solo, o estudo da insolação e da ventilação do local e a definição dos tipos de fundação. Com base nesses dados, o profissional desenvolve o projeto, especificando as redes de instalações elétricas, hidráulicas e de saneamento do edifício e definindo o material que será usado. No canteiro de obras, chefia as equipes de trabalho, supervisionando prazos, custos, padrões de qualidade e de segurança. Cabe a ele garantir a estabilidade e a segurança da edificação, calculando os efeitos dos ventos e das mudanças de temperatura na resistência dos materiais. Ele também pode dedicar-se à administração de recursos prediais, gerenciando a infraestrutura e a ocupação de um edifício.

O mercado de trabalho:
O mercado para o engenheiro está aquecido em todo o país, e a expectativa é melhorar ainda mais nos próximos anos. O bom momento atual é reflexo do crescimento da economia e de projetos do governo federal como o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e o Minha Casa Minha Vida, que aumentou a oferta de imóveis, o que beneficia o bacharel. Para os próximos anos, a demanda pelo profissional deve aumentar, já que dois grandes eventos serão sediados no país: a Copa do Mundo, em 2014, e os Jogos Olímpicos, em 2016. "Serão grandes construções, como portos, canais, barragens, que levam de quatro a cinco anos para ficar prontas. O mercado só tende a melhorar ainda mais", afirma José Gabriel Maluf Soler, coordenador do curso da PUC Minas. De acordo com ele, a construção civil é o setor que mais absorve esse bacharel. O aquecimento do mercado imobiliário nos últimos anos segue influenciando a grande procura por esse engenheiro. Escritórios de arquitetura também costumam contratar o profissional para atuar no planejamento de projetos. Entre os setores apontados como promissores, estão o de petróleo e gás, que deverão receber investimentos em obras de grande porte, como gasodutos, refinarias, plataformas, navios e estaleiros. Outras áreas com boa perspectiva são energia e saneamento básico. 
Salário inicial: R$ 3.060,00 (6 horas diárias; fonte: Crea-SP).

O curso:
Disciplinas como matemática, física, estatística, desenho e lógica são o forte do currículo. Portanto, prepare-se para exercitar suas habilidades em cálculo e desenho. Há atividades em laboratório e matérias das áreas de administração e economia que ensinam técnicas e métodos de gerenciamento de projetos e equipes. Nos três anos finais, você cursa disciplinas mais ligadas às áreas de especialização escolhidas: estruturas, construção civil, hidráulica e saneamento, transportes ou geotecnia. Para obter o diploma, o estágio é obrigatório, assim como um trabalho de conclusão de curso. Fique de olho: Há instituições que oferecem formação direcionada a uma área específica, como estruturas, transportes e meio ambiente.
Duração média: cinco anos. 

Área de atuação:
Construção urbana
Projetar, construir e reformar prédios e grandes instalações, como estádios esportivos, shopping centers e aeroportos.
Estruturas e fundações
Projetar e edificar fundações e estruturas de madeira, aço ou concreto, que dão apoio às construções, calculando o material necessário e as dimensões da obra.
Gerência de recursos prediais
Manter em ordem a infraestrutura de prédios e estabelecer padrões de qualidade, ocupação e uso do espaço.
Hidráulica e recursos hídricos
Projetar, gerenciar e executar obras de barragens, canais, reservatórios, sistemas de irrigação, drenagem ou obras costeiras.
Saneamento
Fazer o projeto e construir obras de saneamento básico, como redes de captação e distribuição de água e estações de tratamento de água e esgotos.
Transportes
Projetar e construir obras de infraestrutura, como rodovias, ferrovias, viadutos, portos, metrôs e viadutos.

Postagem: Vanessa Carvalho - Dirigente de Arquitetura e Urbanismo

terça-feira, 23 de agosto de 2011

AGRADECIMENTOS

Em nome da Coordenação Estadual do CREAjr-PI, venho agradecer a participação de todos na III FEIRA DAS ENGENHARIAS E ARQUITETURA NA PRAÇA, o evento foi um sucesso, conseguimos alcançar todos os nossos objetivos e recebemos um grande público durante todo o dia. A feira só é mais um evento que mostra a força que move o CREAjr que são todos os membros dirigentes e corporativos que participam de nossas reuniões e projetos. Á essas pessoas desejo que sempre continuem crescendo a medida que o projeto CREAjr-PI engrandece, felicidades a todos e vamos continuar trabalhando juntos, ainda temos vários projetos para serem realizados.

att,

Pablo Santana
Coordenador Estadual do CREAjr-PI
Membro Dirigente de Engenharia Elétrica

CÓDIGO DE ÉTICA DOS PROFISSIONAIS DO SISTEMA CONFEA/CREA

Observando a importância do código de ética para cada profissão, o CREAjr-PI apresenta esta ferramenta para todos os estudantes dos cursos abrangidos pelo SISTEMA CONFEA/CREA. Aproveite, baixe o seu e fique por dentro da ética do seu sistema profissional.
Clique na imagem e baixe o seu.

Assista agora um vídeo que explica o código de ética.


Postagem:Pablo Santana,Coordenador Estadual do CREAjr-PI,Membro Dirigente de Engenharia Elétrica.

Fórum Jovem atrai estudantes de todo o país para a 68ª SOEAA


Florianópolis, 23 de agosto de 2011
Estimular o profissionalismo entre os jovens engenheiros, arquitetos e agrônomos e demais profissionais da área tecnológica do Sistema Confea/Crea é uma das missões do CREAjr, um programa que visa orientar os futuros profissionais da área. O programa está em implantação no CREA-SC desde junho e, no dia 29 de setembro, integrando a programação da 68ª SOEAA – Semana oficial da engenharia, da Arquitetura e da Agronomia, será realizado o Fórum Jovem, um encontro para aproximar os estudantes da realidade profissional. A Semana acontece de 27 a 30 de Setembro, no Centrosul, em Florianópolis.


Entre painéis e um talkshow, temas como Evolução Tecnológica no Brasil, Recursos Energéticos e Creajr: Uma nova realidade  estarão em pauta. Um dos convidados destaque confirmado é Ronald Martins Dauscha, diretor da ANPEI (Associação Nacional de Pesquisa, Desenvolvimento e Engenharia das Empresas Inovadoras) e atual Diretor do C2I – Centro Internacional de Inovação. Outra novidade é a participação do CREAjr na feira tecnológica EXPOSOEAA, com a apresentação de projetos do Prêmio Falcão Bauer da Câmara Brasileira da Indústria da Construção.

Yuri da Silva Matos, Coordenador Nacional do CREAjr e do CREAjr-RR, afirma que a atuação do órgão teve crescimento expressivo em todo o país nos últimos três anos, passando de oito regionais em 2009, para 22 em 2011. “É nítida a aproximação e a interação do Sistema com as instituições de ensino e com os estudantes por meio da atuação do CREAjr, não só no debate das questões relacionadas ao exercício profissional, como em ações sociais que beneficiam diretamente a sociedade em todas as partes do Brasil”, declara o estudante.


Evento insere estudantes no debate sobre o desenvolvimento tecnológico e sustentável: 

As expectativas são grandes em torno do Fórum Jovem que deve atrair para a 68ª SOEAA mais de 500 estudantes dos cursos da área tecnológica de todo o país, a grande maioria, membros ou representantes do CREAjr, projeto do Confea já consolidado em 22 estados do Brasil e em fase de implantação nos demais, como é o caso de Santa Catarina.  Entre as principais atrações estão um Talkshow de abertura com o tema Recursos Energéticos: Energia e desenvolvimento sustentável e os painéis: A Virtude da Experiência; Evolução Tecnológica no Brasil e CREAjr: Uma nova realidade.


O objetivo do Fórum Jovem é proporcionar a inserção dos estudantes dos cursos da área tecnológica nos debates relacionados ao desenvolvimento tecnológico e sustentável nacional e ao exercício das profissões fiscalizadas pelo Sistema”, explica o Assessor de Capacitação Profissional do CREA-SC e responsável pela implantação do CREAjr-SC, Eng. Agr. Ari Geraldo Neumann. “Reservamos um alojamento na Sede da Fiesc, na Praia do Campeche, no Sul da Ilha, com capacidade para 500 estudantes, com valor acessível, o que deverá motivar consideravelmente a vinda deste importante público para Florianópolis,” completa.
Outro viés será o intercâmbio entre os estudantes dos diversos estados evidenciando as particularidades da organização CREAjr existente em cada Conselho Regional, sobretudo, em Santa Catarina. “O atual estudante membro do CREAjr será o futuro profissional dirigente de entidade de classe dos profissionais, dirigente de instituições de ensino ou dirigente no Sistema Confea/Crea. É fundamental para a evolução do nosso Sistema a capacitação e a inserção do estudante”, conclui.

Mais informações sobre o CREAjr-SC  e a sobre a 68ª SOEAA em:

Assessoria de Imprensa e Comunicação do Crea-SC




Postagem: Pablo Santana,Coordenador Estadual do CREAjr-PI,Membro Dirigente de Engenharia Elétrica


ABDEH - Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar.


A ABDEH - Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar – Regional do Piauí, sempre com a intenção de aprimorar a formação dos profissionais que atuam nos edifícios dos Estabelecimentos Assistenciais de Saúde convida para o seminário:

“Programação Arquitetônica em UTI”
Palestrante: Napoleão Lima Júnior

"Programação Arquitetônica em Serviços de Nutrição e Dietética”
Palestrante: James Sousa Ribeiro Silva


“A Arquitetura e a Engenharia no Controle da Infecção”
Palestrante: Flávio de Castro Bicalho

Além disso, haverá o lançamento do livro A Arquitetura e a Engenharia no Controle de Infecções, de Flávio Bicalho, que participará também no seminário como palestrante.

DATA: 26/08/2010 – Sexta-Feira
HORÁRIO: 08:00 hs – 18:00 hs
LOCAL: Auditório do Instituto Camilo Filho
ENDEREÇO: Rua Napoleão Lima, 1175 - Jóquei Clube, Teresina-PI.

INVESTIMENTO:
Associados ABDEH e Estudantes (Com comprovante) – R$ 25,00
Não associados ABDEH – R$ 50,00

CONTATO: 
Arq. Napoleão Lima Junior
Diretor Regional ABDEH - PI
abdeh.pi@abdeh.org.br
86-9948-1312
86-8842-2699

www.abdeh.org.br/

Oferta de bolsas no exterior-Ciência sem Fronteiras

Na ultima quarta-feira (17/08), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) informou a 250 universidades e institutos federais de Educação Tecnológica de todo o país o número de bolsas de estudo a que cada instituição terá direito no programa Ciências sem Fronteira (CsF) para enviar alunos ao exterior.
As bolsas terão o valor de R$ 870,00 com duração de um ano e começarão a ser pagas em 2012 após processo de seleção pública no centro de pesquisa.O número de bolsas por instituição foi estabelecido de acordo com o desempenho de cada universidade no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic) e Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibiti).
Na primeira etapa estarão disponíveis 2 mil bolsas nos cursos de ciências da saúde (como medicina, enfermagem, farmácia, odontologia, nutrição); ciências da vida (biologia, genética, bioquímica, farmacologia); e engenharias e tecnologias (engenharia civil, engenharia de produção, engenharia mecânica, engenharia elétrica – eletrotécnica). 
Para o envio dos estudantes, o programa Ciência sem Fronteira selecionou 238 universidades estrangeiras, escolhidas conforme a lista de instituições da Times Higher Education e QS World University Rankings.
Têm preferência para participar do CsF os melhores alunos de iniciação científica e tecnológica; que tenham mais de 600 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e sejam premiados em olimpíadas científicas (como matemática e ciências). As bolsas serão concedidas a estudantes que tenham cumprido de 40% a 80% dos créditos do curso. Os créditos feitos no exterior deverão ser reconhecidos.

Postagem: Pedro Henrique-membro de civil 

III FEIRA DAS ENGENHARIAS E ARQUITETURA NA PRAÇA

O CREAjr-PI, vem ganhando um espaço maior dentro das instituições de Ensino, havendo um grande número de estudantes participativo.

Não podendo esquecer do passado, os atuais membros Dirigentes e Corporativos tem como base a sua geração anterior, apenas buscando melhorar e engrandecer cada evento, tal como a Feira das Engenharias e Arquitetura na Praça.

O que começou ainda Tímido, pouco estruturado, hoje ganhou uma melhoria. Nao apenas na estrutura, como na divulgação, apresentação dos Stands e um maior número de cursos da área Tecnológica.

Todo o evento é organizado por estudantes, membros do CREAjr-PI em parceria com CREA-PI.

Assim, o CREAjr-PI Agradece a cada estudante/membro que se dedicou, para que a Feira fosse realizada com total perfeição.
 Agradecendo ao nosso publico maior, os estudantes vestibulandos e aos demais visitantes do nosso evento.

Aguarde a IV Feira das Engenharias e Arquitetura na Praça em 2012.
Estamos aceitando novas sugestões, para que o evento possa melhor atender a todos.

Postagem: Vanessa Carvalho